Que horas são?

segunda-feira, 11 de março de 2013


                (Praia de Torres-RS)





"Mares de mim, que sei eu das minhas profundezas
se meus pés nunca puderam tocar o fundo
desse abismo que sou.
Ser do raso - quase me afogo em meus mergulhos 
quânticos.
E as arraias me olham e me transpassam.
Transparente que sou.
Águas vivas me queimam. Sem me tocar.
Os cavalos marinhos, cadê? E as flores de corais
que amenizam azuis
intensos?
Ah... Os delírios náuticos. Milhas longe de qualquer
mar. Ainda que eu. Ainda. Que."




                    Nydia Bonetti



8 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. a Nydia é um escândalo!! É muita beleza e delicadeza envolvidAs numa grande capacidade de ouvir a alma.

    Beijos, Aninha...saudade de você!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karinne, querida!! Que bom que deste notícias! Mandei um email, recebeste? Fica bem! Bj

      Excluir
    2. A Nydia é um escândalo, mesmo!

      Excluir
  3. Que lindo... nao conhecia a autora... Paz e Proteção.. Bjs
    Helô

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este é o blog da Nydia Bonetti

      http://nydiabonetti.blogspot.com.br/

      Excluir
  4. A Nydia é uma das poetas mais interessantes que conheço, Helô. ´sempre intensa! Bj

    ResponderExcluir
  5. Aninha, não recebi nenhum e-mail. Fui agora dar uma olhada, mas não tem nenhum seu.

    Olha, fica com este e-mail também:karinne.santiago@gmail.com

    Beijos!!

    ResponderExcluir